Flinpo
Utilizador: Palavra-passe:
Ainda não se registou? Registe-se
Esqueceu-se da palavra-passe? Recupere-a
Login
Desafio do mês Desafio do mês

Tema #065
Tabu

Fotografias que retratem algo que poderá ser considerado tabu.

Para participar no desafio, tem que estar registado e autenticado.

Número de participantes: 7

Desafio da semana Desafio da semana

Tema #520
Momento nocturno

Fotografia que retrate um qualquer momento à noite.

Para participar no desafio, tem que estar registado e autenticado.

002:entre margens
por Alfredo

001:Pela noite
por amelia

 

Próximo Desafio Próximos desafios

Quer saber qual será o tema dos próximos desafios?

Para o ficar a saber, tem que estar registado e autenticado.

 

Topo

Desafio Trimestral: Participação #04 Desafio Trimestral: Participação #04

Publicado em 2018-12-11 por Flinpo   |   Desafios Trimestrais   |   11 Comentários

Em votação Votação Semanal

Tema #519
Figuras geométricas

(Em votação até 2020-09-27)

Participação #04


Deserdados

Catadores em Santa Maria, Rio Grande do Sul


O que o motivou a desenvolver esse trabalho
Pelas influências da formação académica e como fotógrafo documental aprecio sobretudo construir histórias através de séries fotográficas que traduzam realidades, vivências, verdadeiros relatos visuais que reportam as condições de vida e de trabalho das gentes nos seus territórios de implantação. Na oportunidade de viagem ao Rio Grande do Sul em 2016 e 2017 mais concretamente com permanência na cidade de Santa Maria, procurei compreender os espaços, apreender os modos de vida e de algum modo captar imagens de realidades dispares das conhecidas no mundo dito desenvolvido. Depois do primeiro ano ter constatado a vida difícil daqueles que entrando em contentores de resíduos deles retiravam papel, vidro ou plástico, encetei contactos para poder traduzir em imagens, a vida destes cidadãos "invisíveis", que ninguém quer ver, mas dos quais a sociedade depende. Consegui autorização para acompanhar o trabalho dos catadores em centro de triagem de resíduos durante um dia de 12 horas de trabalho. "No Brasil, cerca de um milhão de pessoas, impulsionadas pelo crescimento populacional, pela exclusão social, pela urbanização crescente, pela geração exponencial de resíduos sólidos e pela atribuição de valor económico a estes resíduos, depende economicamente de atividades de coleta e triagem de resíduos sólidos com potencial de reciclagem, tais como papel, papelão, vidro, plástico e alumínio, atuando de forma concentrada nos centros urbanos e percebendo renda mensal variável de um salário mínimo." (O lugar dos catadores de resíduos no planejamento urbano de Porto Alegre, São Paulo, 2017). Esta série aqui apresentada retrata a jornada de trabalho diário dos Catadores de Santa Maria em Centros de Triagem de Resíduos.


Como foi efectuado
Pela captação ter sido efetuada em edificio pouco luminoso, e não pretendendo introduzir as imagens com recurso a Flash nem com tripé, a captação foi efetuada com ISO variando entre 4000 e 6400. Para as imagens de exterior o ISO usado foi 100. As aberturas variaram entre F/4 e F/18.


Técnicas utilizadas
A captação feita à mão, sem recurso a tripé. Por vezes ocorreu algum arrastamento dado o tempo de exposição ser baixo por falta de maior iluminação do espaço e não se pretender aumentar o ISO além de 6400. No trabalho de pós produção efetuaram-se correções de linhas, de exposição e por vezes de redução de ruído.
A captação foi feita maioritariamente interior em espaço de trabalho com fraca iluminação tanto natural como artificial. 

























A avaliação/votação consistirá na atribuição de uma pontuação de 1 a 10 e decorrerá até ao próximo dia 26 de Dezembro de 2018. No final da votação, prevalecerá a média geométrica das pontuações obtidas.

Nos desafios trimestrais, o objectivo é obter opiniões sobre o real valor dos trabalhos apresentados. Cada participante terá de avaliar as participações justificando (via comentário) a sua escolha com a pontuação atribuída e declarando a sua opinião sobre o trabalho apresentado. A técnica, a ideia, a estética e/ou outros critérios, deverão ser usados no momento da avaliação.


 

Partilhe: Partilhe

Comentários Comentários   |   + Comentar

Parabéns pelo extraordinário trabalho de fotojornalismo e pesquisa, pelo alerta da situação dos "deserdados" que é muito mais real do que possamos imaginar.
Texto e fotografias bem condizentes do que aqui é divulgado.
Votos de continuação de trabalhos como este.
Abraço
Ana Batista

anabatista | 2018-12-11 11:40:10

Sem dúvida que o tema é muito importante.
Porém, e mesmo compreendendo as dificuldades que a pouca luminosidade impôs, para mim objectivo não foi alcançado.

JOÃO MENÉRES | 2018-12-11 12:48:25

Eu gostei.
Acho que o projecto conta uma história. Tem princípio, meio e fim.
Mas em termos de coerência, não percebi a existência da fotografia do telefone. Acho que ela destoa completamente das restantes fotografias.

amelia | 2018-12-11 19:51:31

Actualmente em Portugal assiste-se com frequência a pessoas a catar lixo dos contentores que estão na rua. Desconheço o que procuram, se materiais vendáveis ou mesmo restos de comida como já vi alguns tirar de lá de dentro.
é um aqui, outro acolá, mas já os vejo cada vez mais; um, dois ou três por dia.
Desconhecia que houvesse um sistema montado, “organizado” com instalações próprias para esse trabalho sujo. Como divulgação é um trabalho importante. Dar a conhecer situações de miséria, denunciar e alertar é sempre uma excelente iniciativa.
Quanto às imagens, considerando as condições, revelam-nos uma realidade de uma forma crua, sem artifícios. Esta decisão parece-me a mais adequada pelo que prevaleceu o “quase” instantâneo contra o elaborado que pode, por vezes, falsear o resultado pretendido.
Parabéns, um trabalho muito bem elaborado.

Mario Teixeira Gomes | 2018-12-11 22:50:33

Gostei muito do trabalho apresentado que retrata muito bem esta realidade encontrada em todas as grandes cidades. As imagens contam esta história que, ainda que choquem a muitos, são amenas em relação a outras situações vividas pelos catadores ou recicladores (palavra atualmente na moda). A mim também pareceu que os telefones estão deslocados no contexto abordado. Por outro lado, deixou o autor de ressaltar o aspecto ecológico desta atividade.

J Adilson | 2018-12-12 02:10:10

O trabalho muito bom com um fio condutor e uma Historia para contar.

paulonvalves | 2018-12-13 09:55:47

Excelente Narrativa Fotográfica, parabéns.

joaotome | 2018-12-13 23:46:59

Eu atrevo-me a dizer que dos quatro projectos até agora apresentados neste tipo de desafio, este será o melhor. Existe um fio condutor bem marcado e em termos de qualidade técnica das fotografias, todas elas estão bem cuidadas.

Mas nem tudo são rosas. Também posso deixar algumas criticas menos boas.
Tal como a Amélia disse, também não percebo o porquê da existência da fotografia do telefone. Não percebo o que essa fotografia adiciona ao projecto.
E em termos de ordenação das fotografias, penso que poderia estar melhor. Se calhar uma sequência em que se começasse no exterior, depois mostrasse o interior de trabalho e depois o descanso, fosse a mais acertada. Em vez de existirem os "saltos" de localização que existem nesta ordenação.

remus | 2018-12-14 17:06:24

Embora o não definido, creio que o não conseguido, por mim dito mais acima, reside essencialmente nas razões "contra" do REMUS.

JOÃO MENÉRES | 2018-12-14 18:18:14

Faço minhas as palavras do remus que fez uma apreciação crítica ao trabalho de forma notável.
Eu não teria colocado as fotografias nº 1, 4 e 9 que pouco ou nada acrescentam ao assunto em causa.

Santa Clara | 2018-12-14 22:34:13

Agradeço muito a todos os membros da nossa comunidade FLINPO que dedicaram algum do seu tempo apreciando e comentando a série fotográfica que aqui submeti.

Como fotógrafo documental, área esta do fotojornalismo e da fotografia de rua, apraz-me muito contar histórias por via de narrativas fotográficas. Apesar de podermos construir sequências diferenciadas face a um amplo número de imagens, além do enorme gosto que para mim constituiu poder contribuir para a nossa comunidade, por outro lado, pretendia apresentar previamente um "esquisso" do que pretendo mais tarde vir a apresentar em livro, ainda que em edição de autor.

Compreendo as críticas que dirigiram à sequência que aqui apresentei, respetivamente:

1. contraluz do interior do centro
2. enquadramento do centro de seleção de resíduos
3. trabalhador que opera a compactação de plásticos
4. o manusear pelo trabalhador que opera a compactação de plásticos
5. o compactador de plásticos e as imagens de fé
6. trabalhadores na separação de resíduos
7. trabalhadores na separação de resíduos
8. almoço dos trabalhadores
9. contrastes de tecnologias da empresa e dos trabalhadores
10. vista geral do espaço de separação de resíduos

A fotografia 7, mais focada nos comentários apresentados, procurou mostrar os contrastes entre as condições obsoletas de trabalho e que apesar das dificuldades e deficiências nos modos de vida desta população, não deixam de estar comunicáveis com tecnologia bem mais avançada do que a disponibilizada no centro. A sequência apresentada não foi desvirtuada da sequência de captação efetuada.

Conforme o explicado no enquadramento da série, foi apenas possível obter autorização para registo fotográfico dentro do centro de triagem de resíduos, não tendo sido aceite proceder a um acompanhamento, por exemplo, de uma família e seus modos de vida, o que muito enriqueceria este projeto.

Do projeto editorial deste trabalho pretende-se reverter o resultado da venda dos livros em favor das famílias dos catadores deste centro de separação de resíduos de Santa Maria, do Estado do Rio Grande do Sul.

Espero poder, de forma simbólica, enviar-lhes algum retorno que acrescente, por um mês que seja, mais alguns reais para os seus magros 900 reais mensais, como rendimento médio por trabalhador.

Uma vez mais, muito agradecido pelos comentários aqui partilhados, independentemente de terem efetuado ou não a atribuição de uma pontuação a esta série.

Abraço amigo.
José M G Pereira

josemgpereira | 2018-12-27 16:51:59

+ Comentar

Anterior | Início | Seguinte

Topo

Para todos aqueles que gostam de desafios fotográficos.
Flinpo 2010 - 2019 © Flinpo     Endereço de correio electrónico correio@flinpo.net