Flinpo - Vencedores do desafio: Dentro
Flinpo
Utilizador: Palavra-passe:
Ainda não se registou? Registe-se
Esqueceu-se da palavra-passe? Recupere-a
Login
Destaque Destaque
Flinpo Magazine #23

 

Desafio do mês Desafio do mês

Tema #040
Espuma

Fotografias de espuma de sabão, das ondas a rebentar, de poluição, ...
Nota: Não são aceites colchões de espuma ou espuma de poliuretano expandido, nem qualquer animal a espumar da boca. Só mesmo espuma libertada na forma de bolhas de um gás que se formam na superfície de um liquido quando este é agitado, movimentado, fermentado ou fervido.

Para participar no desafio, tem que estar registado e autenticado.

Número de participantes: 13

Desafio da semana Desafio da semana

Tema #411
Dia Mundial da Fotografia

Que cada um se desafie a si mesmo, sem condições, sem constrangimentos.
Tema comemorativo da semana do Dia da Fotografia (19 de Agosto), cuja a participação dará direito a um selo.

Para participar no desafio, tem que estar registado e autenticado.

005:Outro encanto
por Rui Ramos

004:Maus vícios?
por amelia

003:Escolhe o teu caminho
por anabatista

002:Essência
por GenaMoreira

001:BURGO
por JOÃO MENÉRES

 

Próximo Desafio Próximos desafios

Quer saber qual será o tema dos próximos desafios?

Para o ficar a saber, tem que estar registado e autenticado.

 

Parceria Parcerias

fotopointpt

Topo

Vencedores do desafio: Dentro Vencedores do desafio: Dentro

Publicado em 2018-02-11 por Flinpo   |   Vencedores Semanais   |   24 Comentários

Em votação Votação Semanal

Tema #410
Silhuetas de pessoas em contraluz

(Em votação até 2018-08-26)
estamos aqui
por Ligia Bento
Gato x Caixa
por Suzana
Pigmentos
por Ana Lúcia
Questão de ter tomates
por remus
Areia que cai e conta
por Adalberto


Neste desafio participaram 28 fotografias e foram considerados no total 242 votos.

 

Partilhe: Partilhe

Comentários Comentários   |   + Comentar

Parabéns Lígia Bento! Parabéns pela vitória, mas, principalmente, pela fotografia que eu acho absolutamente extraordinária!

Sendo este um espaço de comentário e estando o Flinpo a iniciar uma ‘nova’ etapa com uma nova equipa de editores que, entre outras coisas, pretende “Manter a defesa das regras, cumprindo e fazendo cumprir” e “Procurar trazer os antigos participantes que estavam inactivos”, devo dizer que a não admissão da fotografia do Bibliocarro, apresentada pelo João Meneres, em nada contribuirá para a consecução desses objetivos.
Com efeito, tratava-se de um desafio em que as fotografias apresentadas deveriam cumprir o requisito de transmitir a ideia de que algo está do lado de dentro. Para transmitir a ideia de que algo está do lado de dentro, não temos por que, necessariamente, ver esse algo. Aliás, até podemos transmitir a ideia de que algo está do lado de dentro mas, na verdade, não estar! Ou seja, o bibliocarro até podia estar vazio mas, no entanto, a ideia de que dentro dele há livros é inquestionável, sob o meu ponto de vista.
Seguindo o raciocínio da não visualização do ‘algo’ que está do lado de dentro, como é que, por exemplo, a fotografia “Da janela” (escolha dos editores) foi admitida(?) Podemos ter a certeza de que algo está do lado de dentro(?) Garantidamente a câmara fotográfica está, só que ela não é o alvo da fotografia. Diria que, neste exemplo, é mais objetiva a transmissão da ideia de que algo está do lado de fora.
Ao apontar este exemplo não pretendo discordar da admissão desta foto no desafio. Somente recorri a ela para reforçar a minha fundamentação acerca da discordância da não admissão da fotografia do Bibliocarro. Poderia ter recorrido ao exemplo de várias fotografias que foram admitidas no desafio “Género masculino”, com base no título atribuído e não na imagem retratada, mas correria o risco de influenciar votações.

Abraço a todos.

Adalberto | 2018-02-12 11:59:31

Tema #382
Dentro
Fotografias que transmitem a ideia de que algo está do lado de dentro.


Quando me foi comunicado que o meu BIBLIOCARRO não OBEDECIA ao tema proposto, só o espanto me invadiu.
Desde quando DAR A IDEIA se confunde com MOSTRAR ?
Creio que nem com o DESACORDO ORTOGRÁFICO isso pode suceder...
Uma amiga que muito estimo pelos seus enormes saberes e vasta cultura escreveu-me e disse :
"
É injusto, reflecte ignorância, apetência pelo caminho mais fácil. fechamento, pequenez, espírito de claque, retrocesso...

É legitimar uma falsa interpretação, em função de uma maioria... cenário em que infelizmente se topa em muitas vertentes da sociedade, a começar pela política...

Aquela frase sobre o tema é bem explícita.
E talvez até para evitar o envio em massa de fotografias de interiores...
E não é que parece revelar alguma preocupação da parte dos editores em explicar o que realmente é pretendido ? Ou seja, a transmissão da ideia do que contém o interior do objecto a fotografar. Nada mais. E muito menos haver uma janelinha que desse para espreitar se tem ou não tem... "

RELEMBRANDO :


NOTA : TENDO A IMAGEM COM
QUE PRETENDIA PARTICIPAR NESTE DESAFIO SIDO CONSIDERADA
COMO NÃO OBEDECENDO AO
TEMA PROPOSTO,
ENVIO AGORA ESTA.
( Ver a do dia 31 de Janeiro )

Num dos comentários que recebi a propósito pode ler-se :

Blogger JANE GATTI disse...
" Jamais imaginaria um bibliocarro sem livros dentro... Portanto a temática já está em parte, cumprida. E mais, a representação figurada dos livros reafirma seu propósito. E finalmente expõe o que os livros da "biblioteca em movimento" - mais uma indicação do conteúdo - oferecem aos usuários: criatividade e conhecimento. Meu amigo, certamente você cumpre a proposta."

E a " DESCONHECIDA " L. REIS, disse :
" Esta malta só arranja, como s costuma dizer, "temas de desafios para se coçar" :) Então o tema não podia ser muito bem "Uma batata", " um pirolito", "um sapato" (agora que penso nisso, sapatos era capaz de ser um tema giro) :) Até tive que ir ao Flinpo para poder opinar que eu não gosto de opinar de qualquer maneira. Vai daí, acho que sei qual é o problema. O problema está nas palavras "que transmitam a ideia". Eu não dei com esta subtileza de linguagem e parti do princípio que era uma fotografia de qualquer coisa, dentro de qualquer coisa, e acho que isso cabe perfeitamente dentro (ai tantos dentro) do tema, mas o João, que não é um jovem para deixar escapar subtilezas, entendeu a coisa como fotografia a algo que se possa inferir que tem qualquer coisa lá dentro, sem ter necessariamente que se ver. Acertei?
Vai daí temos os pobres editores a suarem as estopinhas em noites de insónia

JOÃO MENÉRES | 2018-02-12 13:44:31

Também quero agradecer, E MUITO, ao participante ADALBERTO o seu comentário pela HONESTIDADE e CORAGEM que aqui expressa.
( Tive que fazer este comentário separado, pois a extensão dos textos nos COMENTÁRIOS é limitada ).
E VI ! como a L. REIS se tramou com os votos que a sua ESTUPENDA E CRIATIVA imagem mereceu...

Sem mais comentários...

JOÃO MENÉRES | 2018-02-12 13:52:36

Agora cabe-nos a nós dizer que a decisão de não considerar como válida a participação do participante João Menéres no desafio em causa, foi tomada por 6-1.
Das 7 pessoas inquiridas, do grupo dos participantes validadores, 6 disseram que a fotografia não respeitava o tema, enquanto 1 pessoa disse que respeitava. Foi perante este resultado que a fotografia não foi considerada como válida.

Flinpo | 2018-02-12 14:42:08

Mas eu insurge-me com a BATATA QUENYE que os editores passaram para os participantes !
Afinal, quem propôs o tema, quem foi ?

JOÃO MENÉRES | 2018-02-12 15:27:11

Em que é que ficamos entre o ADIVINHAR e o MOSTRAR ?
Essa é que a verdadeira questão !

JOÃO MENÉRES | 2018-02-12 15:32:10

O tema foi registado pelos antigos editores. Os novos editores só começaram a registar temas a partir do desafio #384.
Aliás, esse tema até foi escolhido pelo processo do "Tu é que escolhes".

Flinpo | 2018-02-12 15:34:37

Em que é que ficamos entre o ADIVINHAR e o MOSTRAR ?
Essa é que a verdadeira questão !

JOÃO MENÉRES | 2018-02-12 16:14:38

Aguardo que os editores me respondam objectivamente à questão colocada.
Os participantes apenas foram vítimas da dúvida que os editores criaram.

JOÃO MENÉRES | 2018-02-12 23:59:57

Caro João Menéres.


Esta polémica sobre a sua participação com a fotografia "Bibliocarro" não tem sentido pois a equipa de editores fez, tão só, o que mandam as regras de funcionamento do Flinpo.
Em caso de dúvida pede-se aos participantes validadores que digam “sim” ou “não” a participação é válida.
Este é o processo correcto, que tem vindo a ser seguido desde a implementação dos participantes validadores e, diga-se em abono da verdade, tem funcionado muito bem.

• A dúvida foi legítima pela parte dos editores.
• E foi legitimada pelo resultado da votação, quase unânime, do não.
• Escusado será dizer que o método em si é, e será, usado para o participante A, B, C, até ao Z sem excepção.

Equipa de Editores
Mário e Remus

Flinpo | 2018-02-13 21:26:56

Caros amigos REMUS e MÁRIO

Eu sei que são isentos e que aplicam as regras sem olhar a nomes !
Só jamais entenderei a razão da dúvida dos editores...

Um abraço amigo.

JOÃO MENÉRES | 2018-02-14 00:21:03

Caro João, venho aqui penitenciar-me, pois fui um dos que não validou a sua fotografia. Realmente não vi pelo seu prisma e julguei pelo mais fácil e só agora, depois de ler os comentários, é que arrependo-me da decisão tomada.
Sendo assim, sugiro que não se faça mais validações de participação, aceitando-se todas as propostas e deixando a "validação" a cargo de todos os votantes.
Acreditem, estou mesmo chateado por não ter tido a clareza que tenho agora e, consequentemente, não ter validado a foto em questão.
Bons cliks e um grande abraço para todos.

Breno Fortuna | 2018-02-17 12:06:44

Quase que esqueci.
Parabéns Lígia, sou fã do seu trabalho.
Abraços

Breno Fortuna | 2018-02-17 12:09:00

Estimado Breno Fortuna

Há uma coisa que acima de tudo muito prezo : A HONESTIDADE !
E o meu amigo tem-na !
Por isso, não se preocupe com o seu primeiro parecer !

ESTOU DE ACORDO com a sua sugestão de deixar ao critério dos participantes VOTAR ou NÃO VOTAR !

Um grande e reconhecido abraço.

JOÃO MENÉRES | 2018-02-17 12:21:19

CAMERANDO

Os editores há tempos que mostraram os seus rostos !
Devia estar mais atento, meu caro...
Veja na janela UM MÊS

Aquele abraço.

JOÃO MENÉRES | 2018-02-17 12:50:56

Bem lembrado João, mas o que me intriga é que quem cobra o anonimato dos antigos editores, o faz através de um pseudónimo.

Breno Fortuna | 2018-02-17 18:44:14

Adalberto

Os anteriores editores ( e fundadores do Flinpo ) sempre se mantiveram anónimos e nunca vi mal nisso.
Devemos-lhes muito !
Eu, pelo menos...

JOÃO MENÉRES | 2018-02-17 18:51:03

Não tenho tanta certeza se entendi vossos comentários.

Mas preciso constar apenas que:
Um Editor não é necessariamente um PROPRIETÁRIO do sitio. Possivelmente nem mesmo um Super Administrador do sitio.
Posso estar redondamente enganado, mas não lembro de, pessoalmente, ter acusado deliberadamente um EDITOR de modificar o resultado de uma votação.

Tal Administrador, certamente tem acesso às votações, de forma a por exemplo, verificar como está a votação de um desafio mensal antes que ele termine (que é muito defendido como modelo ideal), e aplicar o próprio voto da forma que lhe for conveniente. Também não estou falando que isto ocorre de facto, mas onde existe o ser Humano, é uma possibilidade.

Frase que acredito ser minha: o problema não é a lei, norma, regra e/ou ausência das mesmas. O problema é o ser Humano.

Conheço lugares na WWW onde ocorrem desafios livres de votações, classificações, etc, apenas uma discussão final sobre a fotografia semanal de cada um em relação ao tema, onde poucos pisam em ovos para emitir opinião em relação a fotografia alheia. E há grande número de fotógrafos amadores ou não interessados nisto. Muitas vezes aparecem centenas de fotografias em um tema.

Não sei se Breno se referiu ao meu pseudônimo, mas lá na RF19 estão todas as informações para quem quiser saber. Outras foram cortadas pela antiga equipa para enxugar o "texto".

Também na RF19, uma das minhas sugestões é o NÃO CONCORDO, NÃO VOTO! Como dito, se o sujeito quer apresentar a fotografia de uma laranja em um desafio sobre bananas, o problema é dele!
Acrescento que não vejo sentido algum nos votos que valem por 2, bem como na perda dos 20% para não votantes, pois cada um sabe da sua própria vida, e não deve ter votado por algum motivo.

Assim fica mais fácil para todos não votar por não concordar!

Outra coisa que creio ajudar na lisura: voto apenas para quem participar do desafio.

Att.

camerando | 2018-02-17 21:33:07

Parabéns aos vencedores e escolhidos! :)

mariam | 2018-02-19 00:01:22

CAMERANDO

Pode por gentileza explicar melhor o que quer dizer com
voto apenas para quem participar do desafio.

Um abraço.

JOÃO MENÉRES | 2018-02-19 00:48:05

Menéres, foi um lapso de pensamento+digitação.

Era meu intento dizer: apenas os participantes de determinado desafio podem votar naquele desafio.

camerando | 2018-02-20 06:14:43

Sugiro (se acaso interesse), ler minhas outras sugestões e pensamentos na plataforma de discussão.
Grato.

camerando | 2018-02-20 06:15:43

Face ao esclarecimento das 14:43, NÃO CONCORDO, Camerando.
Peço que desculpe a minha discordância.

Um abraço.

JOÃO MENÉRES | 2018-02-20 13:09:33

Grande Mestre Menéres,

Não há o que pedir desculpas! :)

Abraço.

camerando | 2018-02-20 17:26:10

+ Comentar

Anterior | Início | Seguinte

Topo

Para todos aqueles que gostam de desafios fotográficos.
Flinpo 2010 - 2018 © Flinpo     Endereço de correio electrónico correio@flinpo.net